A Poderosa Babosa (Aloe vera)

BABOSA

A babosa, comumente popular de aloés, é uma planta bem conhecida como ornamental e medicinal.

Photo by Cari Corbet-Owen on Unsplash

Como ornamental dá um ótimo efeito pelas suas folhas longas, grossas, largas na base e finalizando em ponta, com espinhos laterais, e que nascem em volta de um caule central.

Ao florescer, nasce entre as folhas uma longa haste, em cuja ponta forma-se um cacho vermelho ou amarelo de flores no formato de tubo, que vão caindo, enquanto novas desabrocham. Como é uma planta perene não precisa ser replantada.

Do seu pé nascem brotinhos, no modo que aos poucos forma-se uma touceira bem reclusa. Cada broto é uma nova muda que basta retirar e plantar. Como medicinal a babosa é popular e usada desde a antiguidade, e atualmente volta a ter, e continua tendo, as mesmas aplicações e mesmo encontrando novas.

Da Bíblia sabemos que fazia parte de um item para embalsamar corpos, como o de Cristo. Gregos e romanos a utilizaram em suas medicinas.

Árabes introduziram seu uso na Península Ibérica. Do suco que saide suas folhas cortadas se tem por desidratação uma resina, chamada pelos espanhóis ‘acibar’, muito usada em outras épocas.

A utilização mais comum hoje, na medicina popular, como na clássica, é no auxilio de queimaduras. Por isso a indústria cosmética a usa na preparação de loções contra queimaduras do sol, nos protetores.

Médicos usam o suco da babosa para auxiliar queimaduras nucleares e de outras radiações. Uma grande empresa petrolífera nacional, há vários anos não usa outra coisa, no setor médico, para queimadura senão a babosa.

Daí a magnitude de ter um pé de babosa, e perto de casa. Tendo uma queimadura é só cortar uma folha e aplicar o suco que escorre, acima da ferida. O suco da babosa tira a dor, impede infecção e produz uma veloz cicatrização, sem deixar cicatrizes.

Pode-se também diminuir uma folha a uma pasta, depois de tirar os espinhos, colocando a pasta acima da queimadura. Outra jeito é cortar a folha, que é grossa, em fatias finas e aplicar sobre o local com a ferida.

A pele absorve toda a substância da folha de modo que fica só uma fina cama como seda. Por fora a babosa é ainda usada em inflamações e tumores e, diluída em água, para lavar feridas e os olhos.

É bem utilizada para queda e tratamento do cabelo. Para uso interno da babosa recomenda-se bastante cuidado. Ela é muito forte e pode causar problemas até graves. O suco das folhas é utilizado para o estômago e o fígado. É usada como laxante em utilizações farmacêuticas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

How to stop feeling like a loser

loading...