Bardana (Arctium lappa) - O que é e como usar

BARDANA

A bardana é uma planta terapêutica muito popular e usada desde a antiguidade e, suas caracteristicas nunca foram contrariadas.


A bardana forma uma haste vertical de até mais de 1 metro, com folhas bem amplas na base e cada vez menores subindo. 

O que a difere são os cachos de flores que viram em carrapichos, que se prendem fortemente à roupa. Seu nome científico é Arctium lappa, da família Compositae.

A bardana provoca suor, é diurética, aumenta a urina e é ótima no auxilio com cálculos renais, moléstias da pele; grande depurativa do sangue, do fígado, dos rins; remédio antisifilítico; 

folhas mixadas com azeite ou seu suco, aplicam-se acima das feridas; para reumatismo; auxilia o crescimento e evita a queda dos cabelos.

Já em um livro inglês se lê que a bardana é um purificador comum do sangue, que se combinava muitas vezes nas poções populares com o vinho de dente-de-leão. Em tempos foi comum auxiliando a indigestão.

Na China usa-se as sementes para afastar o “mal do ar e o calor”. Também diminui o nível de açúcar no sangue. Esta última indicação, bem valiosa para os nossos dias, é acentuada em outro livro, também inglês, que diz textualmente, na tradução espanhola:

“Hace poco que se há demostrado que los extractos de semillas reducen el nivel de azúcar en la sangre”. O mesmo livro ainda diz que a bardana é utilizada inerentemente para enfermidades cutâneas ou doenças inflamatórias causadas por toxicidade (em suma eczemas, psoríase, reumatismo, gota, furúnculos e chagas).

Vale lembrar que muitos autores recomendam esta planta para combater a psoríase. As palavras de outra autora inglesa resumem e contem os principais usos desta planta:

“Incitador do apetite, colagoga, sudorífera, tônica e calmante”, a bardana tem utilidade, mas a propriedade que a faz ter um lugar importante na farmácia caseira é a de depuradora do sangue.

Ela tira substâncias tóxicas do organismo por meio de sua ação sobre a bílis, rins e glândulas sudoríparas, diminuindo a congestão do sistema linfático. A raiz é a parte mais usada. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

How to stop feeling like a loser

loading...