O alho e seus benefícios (Allium sativum)

Tenha aqui toda informação que precisa desta poderosa planta.


Photo by Mike Kenneally on Unsplash


Não existe no mundo, plantas tão conhecidas como o alho. Deste modo revela um editor espanhol ao mostra-lo: 

"O benévolo leitor quiser justificar a ausência de uma figura que represente o alho ; porem esta espécie não é nativa, senão de terras cultivadas, e na Espanha é tão popular, que não são indispensável imagens dela para que no mundo todo saibamos de que se trata."

Demais conhecidas as suas varias propriedades medicinais. Como fala o mesmo autor: "No decorrer dos séculos, as virtudes relacionadas ao alho são pouco menos que intermináveis." 

De origem da Ásia, o alho era cultivado essencialmente nos países em volta do Mediterrâneo e há conhecimentos do seu uso há 4 ou 5 mil anos. Seu nome científico é Allium sativum, da família Liliaceae.

Bastante conhecido o seu uso como alimento e condimento na era dos gregos e romanos, e a saúde dos construtores das pirâmides do Egito era garantida à base do abundante consumo de alho.

Como condimento o alho amplia o sabor da maior parte das carnes, mariscos e muitas verduras. É um ingrediente fundamental de pratos regionais em vários lugares do mundo, principalmente o sul da Europa, Extremo Oriente, Caribe, México e América do Sul. As varias propriedades medicinais devem-se atrelar assim:

Uso interno: combate infecções e cura resfriados, bronquite, gripe, tosse convulsiva, gastroenterite e disenteria.

Uso externo: distúrbios cutâneos, principalmente acne e infecções por fungos. Além desses usos tradicionais, pouco tempo atras que se descobriu que o alho diminui o metabolismo da glicose nas diabetes, retarda o evolução da arterioesclerose e diminui o risco de enfartes ulteriores em pessoas que sofreram um enfarte do miocárdio.

Literalmente assimila um autor da atualidade: "Muito estimado desde pelo menos 5 mil anos, faz muito tempo que se tem conhecimento que o alho diminui o nível de colesterol.

A medicina ortodoxa sabe que a planta diminui o risco de ulteriores ataques nos pacientes do coração; é também um estimulante do sistema imunitário e um antibiótico."

O cheiro forte do alho deve-se em  medida a compostos sulfurosos que são os causadores pela maior parte de suas propriedades medicinais; os preparados desodorizados são bem menos eficientes.

Existem varias nos mercado pérolas de óleo de alho, fáceis de consumir. Esses podem ser trocadas com vantagem por cápsulas, que tem pó de alho, mais eficientes.

Os fortes compostos aromáticos do alho se excretam através dos pulmões e da pele. Pode-se diminuir o odor irritante do hálito de quem come alho mastigando folhas frescas de salsa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

How to stop feeling like a loser

loading...