Como parar de se sentir um fracassado?

Parece que temos a solução dos seus problemas, se você os seguir a sério

Ache o inicio desses pensamentos. Se dedique um pouco para pensar no porquê de sentir um fracasso e tente chegar aos menores detalhes. 

Um exemplo, talvez você se sinta assim porque tirou 5 em um teste ou porque esqueceu de retornar a ligação de um amigo próximo ou parente que considera muito.

Photo by Aliyah Jamous on Unsplash


Descubra se há algo a realizar para mudar esses pensamentos.

Verifique uma atitude que você pode tomar nos próximos 5 minutos. Às vezes, a sensação de fracasso vem quando entramos em amargura diante de uma tarefa específica ou algum caso que te passe vergonha.

Talvez você veja um monte de trabalho que pareça impossível de se fazer e não consegue pensar em uma forma de realizar ela. Um bom jeito é descobrir uma reaver que você pode tomar em 3 minutos e entrar em ação.

Digamos que o seu quarto esta uma bagunça, e você não limpa e arruma nada há semanas. Veja uma coisa rápida de fazer, como apanhar as roupas jogadas no chão ou passar um pano nos movéis. 



Logo que pensar em algo, comece a fazer imediatamente.
Vá com gestos pequenos e depois passando para os maiores. 

O ato da ação cria emoção, você vai se sentir melhor ao fazer algo positivo.

Livre-se dos seus pensamentos negativos. Ponha tudo de ruim que você tem pensado em uma folha de papel. Entre em minuciosos detalhes ao perceber o que de exato o que passa-se na com você.

Após terminar de escrever, amasse a folha e jogue-a no lixo.(se puder queimar também recomendo)

Video - Vamos falar sobre o fracasso


Esse exercício vai ajudá-lo a livrar-se de pensamentos negativos. Ponha-os em palavras de ajuda e veja-os de forma mais objetiva e a se distanciar deles.

Peça para si mesmo para parar. Lembre-se da palavra “pare” quando os pontos de vista negativos se iniciarem na sua cabeça. Não se permita levá-los avante, pois deste modo os pensamentos te vencem. 

Faça a cabeça parar pois é você que manda e vá se distrair com outra coisa
Talvez você necessite falar “pare” o tempo todo, mas a necessidade ficará cada vez menos frequente com o tempo.

Distraia-se com algo para evitar os pensamentos negativos. Uma ideia é ver letras de musicas em outros idiomas, aprender a cozinhar ou faxinar o quintal

Photo by Wes Hicks on Unsplash

Uma historia de fracasso, que deu a volta por cima

Eben Pagan é um dos maiores palestrantes mundiais e um dos mais bem pagos. Já vendeu mais de 100 milhões de dólares dos seus cursos.

Porem nem sempre ele foi esse sucesso todo. Eben nem sequer finalizou a faculdade e viveu durante um bom tempo num trailer trabalhando como um corretor de imóveis.

Ele era uma pessoa fracassada com sua vida. Queria achar um jeito de fazer com que um 1 de pessoas dessem um dólar a ele – assim ele seria um milionário. Este era seu objetivo: sair daquela miséria e ser bem rico.

Photo by Sharon McCutcheon on Unsplash


Porem durante muito tempo, ele se achou um verdadeiro fracasso. Esse sentimento, no entanto, não o segurou de avançar com sua vida. Até que ele meramente “tropeçou” naquilo que seria a sua grande virada na vida.

Além de ser bem pobre, Eben também era um genuíno fracasso com as mulheres. Aí ele decidiu que iria aprender como conquistar as mulheres, como seduzi-las.

O que ele fez? Começou a se cercar de homens que eram peritos na conquista. Leu varios livros sobre como entender a mente das mulheres e foi juntando esses conhecimentos com suas experiências práticas.

Com tudo isso aprendido, Eben um dia se deu conta de que havia milhares (senão milhões) de homens que, como ele no passado, não tinham a menor chance na hora de conquistar uma mulher.

Photo by Eliott Reyna on Unsplash


Então ele começou a ensiná-los sobre os mistérios da conquista. O resultado? Seus livros e treinamentos já lhe renderam mais de 100 milhões de dólares nos últimos 10 anos. Nada mal para quem se sentia um fracassado não é?

A história é uma das milhares de exemplos que temos sobre pessoas que eram 100% fracassadas e construíram seu rumo ao sucesso.

Sucesso e dinheiro não são coisas que irão bater à sua porta. É preciso caminhar, superar duros obstáculos e perseverar naquilo que acreditamos fazer a diferença do mundo. Parafraseando o Rocky Balboa: “O importante não é o quão forte você bate, mas sim o quanto você apanha da vida e, ainda assim, segue em frente”.

Achar-se um fracasso é normal. É humano. Portanto, bem-vindo(a) ao mundo real, das pessoas bem-sucedidas porque insistiram em seus sonhos.

Video - O que determina o sucesso ou o fracasso de uma vida

Abaixo estão 10 atos de amor-próprio para quando nos sentimos fracassados.

1. Perdoe-se

A possibilidade de perdoar é o maior presente que vamos dar a nós mesmos para nos auxiliar a recuperar de nossos arrependimentos e erros.

Em vez de se culpar por não conhecer antes o que agora parece tão óbvio, olhe como um trabalho em progresso e dê a si mesmo o presente do perdão.
Photo by Sharon McCutcheon on Unsplash

2. Seja autocompassivo.

A autocompaixão é talvez o elemento de mais significância de autoestima e resiliência.

Acreditava-se pensar que a realização e o sucesso – erguendo-se acima do normal – era o caminho para a alta autoestima.

Porem, esse caminho para a autoestima é relativo e garante que qualquer pessoa abaixo do normal não seja tão digna ou feliz. A autopiedade dá a todo mundo, com alta performance e também a pessoas com baixo desempenho, a garantia de que são dignos de amor de qualquer maneira, sem condições.

3. Pare de se julgar.

Reter os rótulos que você põe em você é um ato de amor-próprio. No lugar de se achar  “fracassado”, seja mais específico e menos global.

O fracasso não define você e seu valor. Troque a sua conversa interna de “sou um fracassado” para “eu não consegui fazer as coisas funcionarem” ou “cometi alguns erros e vou usar essa experiência como degraus daqui em diante”.

Photo by Bill Oxford on Unsplash


4. Transforme seus fracassos em objetivos.

Em vez de “eu falhei no meu casamento”, você pode dizer “eu tive problemas para me comunicar no meu casamento e estou aprendendo a conversar melhor agora”.

A primeira afirmação está atracada no passado e não pode ser alterada, durante a segunda tem um olhar no futuro e é mais fortalecedora para o que você pode fazer com o agora.

Photo by Matthew Fassnacht on Unsplash

5. Dê um abraço em si próprio.

Em vez de permitir o seu crítico interior ter o reinado inteiro, que tal apenas dar-se um abraço?

Todos nós necessitamos de abraços às vezes – principalmente de nós mesmos! Você não merece? Eu tenho certeza que sim.



6. Se imagine como uma criança pequena, cheia de inocência e beleza.

Tenha em consciência que não existe bebês e crianças fracassadas ou que não têm valor. Nós temos a mesma grandeza que tínhamos quando nascemos.

Às vezes, precisamos olhar atrás das das feridas para ver que a mina de jóias ainda está dentro de nós.

Não importa o quanto tentaremos e errarmos, nosso valor continua o mesmo e ainda somos lindos.

7. Mude sua cabeça de ser uma vítima para ser um vencedor.

Quando você se sente um erro, se enxerga como uma vítima do passado, em vez de se ver em sua resiliência e capacidade de avançar.

Afinal de contas, o que importa não é quantas vezes somos derrotados e fracassamos – o que efetivamente importa é quantas vezes nos erguemos e tentamos novamente, cada vez mais sábio.

Video- 4 causadores de fracasso


8. Torne-se mais consciente.

A atenção plena não é apenas sobre meditar ou respirar bem profundo e silenciosamente, de forma isolada. 

É ficar plenamente estável em nossa vida cotidiana, com uma consciência que não julga em seja qual for a coisa que você faça.

Quando estamos completamente conscientes, permanecemos enraizados no presente, em vez de ver para os nossos erros decorridos ou nos afligir com o futuro. Como diz o ditado: “Hoje é um presente, é por isso que eles chamam de presente!”

9. Use algo sólido para te acalmar

Às vezes necessitamos de algo concreto para nos tranquilizar quando estamos mal.

Usar objetos reais que ajudam para entreter e acalmar a si mesmo pode proporcionar pedras de toque calmantes.

Um diário, uma bola de stress, uma pedra polida para recorda-lo de seu valor próprio e óleos corporais são exemplos de pertences que podem ser utilizadas dentro de uma caixa calmante e usadas para acalmá-lo quando estiver se acreditando para baixo.

10. Agregue-se com os outros.

Quando os indivíduos se sentem fracassados, muitas vezes se afastam, se fechando em vez de se abrirem para as outras pessoas.

Procurar apoio social é uma das preferíveis escolhas que você pode fazer quando se sentir fracassado. 

Ter o olhar de outra pessoa ira auxilia-lo a parar a visão de túnel que altera sua visão de si.

Pedir auxilio, ter a coragem de se abrir em vez de se fechar, abrirá o rumo não apenas para evitar a solitude, mas também penetrara suas ligações com os outros.

Photo by Timon Studler on Unsplash


Estas dez projetos de ação para derrotar os sentimentos de fracasso vai servir como um trampolim para uma vida resiliente e plena. 

Visto que se aplicar no fracasso que vem com a queda, tenha orgulho de que você se atreveu a perseguir seus sonhos com coragem e entusiasmo a sair dali.

Para referir Winston Churchill,
“O sucesso consiste em ir de fracasso em fracasso sem a perda de entusiasmo.”

Video - O fracasso e o sucesso


Gostou do conteudo? Conhece alguem que está na bad e pode ajuda-lo? Compartilhe o post nas suas redes sociais.


O trabalho neste poste teve como fonte de pesquisa e compilados os seguintes sites:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

How to stop feeling like a loser

loading...